ADELINO, A ALMA DE UM LEGADO ANCESTRAL

A ALMA

O Dr. Adelino Marques da Silva foi um médico português que pelo seu profundo conhecimento científico, experiência e humanismo, reunia um enorme respeito junto dos profissionais médicos, o que fazia dele um sábio e um amigo junto das pessoas. A medicina, especialmente a autoridade que lhe era reconhecida em medicina tropical, levou-o a viver em África a meio do séc. XX, onde, com a sua família, esposa e filhos, viveu durante duas décadas.

Rapidamente integrados na cultura local, a família estava tão profundamente ligada ao meio e às pessoas, vivendo em perfeita harmonia com a natureza esplendorosa e em entreajuda com a opulação. Eram considerados como fazendo parte da família alargada. Por isso mesmo, os residentes locais decidiram partilhar com o Dr. Adelino e com a sua família um dos seus grandes segredos, uma história e um segredo muito antigo sobre um creme para o tratamento de queimaduras, ao qual chamavam de “creme mágico da pele”.

Se no início o Dr. Adelino, pela evidente falta de base científica, teve muitas dúvidas sobre a eficácia do creme, depressa foi testemunha dos excecionais resultados no tratamento de queimaduras graves e assaduras da pele. Foi com admiração e algum espanto que verificou a rápida eliminação da dor; a cicatrização (não deixar criar feridas nem crostas) e a excelente regeneração da pele. Aí, as dúvidas desapareceram e a aceitação foi imediata. Sendo um homem da ciência, foi com alguma surpresa que viu um produto “tradicional” ter resultados que nenhum outro lhe tinha oferecido até então.

Mais tarde, antes da sua vinda definitiva com a família para Portugal em meados dos anos 70 do sec. XX, a população local em sinal de agradecimento e de uma imensa amizade, resenteou-o com a fórmula do “creme mágico da pele” para que o pudesse partilhar com o mundo.

Foi com orgulho que o dr. Adelino aceitou está partilha, este legado. Sabia bem da sua história e importância cultural.

A PARTILHA

Em Portugal, o Dr. Adelino voltou a exercer medicina nos hospitais portugueses, onde deu a conhecer a médicos e enfermeiros o poder curativo do “creme mágico da pele”. A dona Conceição, sua esposa, senhora estudiosa sobre as propriedades medicinais das plantas, assumiu a confeção do creme na casa da família, fazendo-o exatamente onforme a tradição ancestral. Para isso, procurava ingredientes da melhor qualidade, produzidos segundo práticas de cultivo tradicionais, porque sabia que faziam toda a diferença na qualidade final do produto. Quanto mais naturais e puros os ingredientes, melhores os resultados na pele.

A dona Conceição começou a oferecer o creme em pequenos frascos, cheios de esperança, à família e aos amigos, como forma de os proteger e ajudar numa eventualidade. Em pouco tempo, pelas maravilhas que se diziam, todos os vizinhos quiseram conhecer o produto e, em pouco tempo, as visitas a casa à procura do creme eram diárias e um pouco vindas de todo o lado, de perto e de longe. De forma a dar resposta a esta procura crescente, a produção do creme depressa tornar-se uma parte importante da vida da dona Conceição e dos filhos. Produzi-lo tornou-se num trabalho. No fundo, criou-se uma comunidade entusiasta e crescente, uma família alargada que ainda hoje se relaciona.

O LEGADO

Em 2015 um dos filhos da família decidiu investigar a fórmula para saber o que fazia o produto ter resultados tão bons. Foi desta forma que, entre 2015 e 2020 em cooperação com laboratórios universitários e farmacêuticos, a formulação foi analisada, compreendida e otimizada. Cada caraterística, cada efeito, cada textura e cada aroma foram estudados e, após um longo processo de investigação e desenvolvimento, o creme deu origem a um novo produto. De seu nome ADELINO, um bálsamo da natureza que une um homem, uma família, uma história, um saber-fazer ancestral e as mais recentes técnicas científicas.

Produzi-lo em escala foi um grande desafio, mas também nós, a nova geração, criámos algo novo, acrescentando valor, segurança e qualidade. As etapas-chave da produção são realizadas, como sempre, à mão, por mãos conhecedoras e experientes, habituadas a cuidar e manipular ingredientes naturais de elevadíssima qualidade. São elas o nosso garante, a nossa autenticidade e a nossa qualidade.

Adelino é, por tudo isto, um bálsamo irrepetível, com uma Alma em perfeita comunhão com o homem e com a natureza.

Disfrute-o!